DEFESA DE DISSERTAÇÃO: RAUL AFONSO POMMER BARBOSA

Data da Publicação: 24/07/2019

RAUL


O Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade Federal de Rondônia (PPGA/UNIR) torna pública a defesa de dissertação de mestrado em Administração do mestrando RAUL AFONSO POMMER BARBOSA, cujo título, palavras-chave e resumo são, respectivamente:

  • "Traços de Personalidade de Empreendedores e Gerentes do Estado de Rondônia"
  • Empreendedores. Gerentes. Personalidade. Big Five. Propensão ao Risco.
  • Os traços de personalidade são oriundos de processos cognitivos. Estudos desta natureza geralmente baseiam-se em descrições de como as pessoas raciocinam, sentem e agem em diferentes situações de experiências e ações. Traços de personalidade tornam possível diferenciar empreendedores de gerentes e têm sido sugeridos como fontes de influência sobre a tendência a assumir riscos. Esta pesquisa possui como objetivo geral identificar as relações dos traços de personalidade e propensão ao risco entre empreendedores e gerentes do estado de Rondônia. Para a obtenção de resultados foi proposto como objetivos específicos: identificar evidências teórico-empíricas de diferenças entre empreendedores e gerentes, a partir dos traços de personalidade e propensão ao risco; verificar a influência preditora dos traços de personalidade sobre a propensão ao risco; identificar quais estimativas do modelo estrutural são mais representativas de diferença, a partir do MultiGroup Analysis (MGA). A escala do inventário dos cinco grandes fatores de personalidade é uma medida de auto-relato breve, composta por 44 itens e designada a avaliar dimensões da personalidade baseada no modelo dos Cinco Grandes Fatores da Personalidade. São eles: Neuroticismo ou instabilidade emocional (neuroticism); Extroversão (extraversion); Amabilidade (agreeableness); Conscienciosidade (conscientiousness) e Abertura à experiência (openness to experience). A escala do questionário de Propensão ao Risco é composta por 10 itens. Analisar a características dos indivíduos considerados empreendedores e gerentes tem importância para o meio acadêmico, pois estes são atores principais dos fenômenos estudados pela administração e permitem amplia a compreensão desse campo. A população desta pesquisa foram os empreendedores fundadores de empresas e gerentes do estado de Rondônia. Foi coletada uma amostra de 797 respondentes, composta por 403 gerentes e 394 empreendedores nas cidades de Porto Velho, Ariquemes, Ji-Paraná, Cacoal e Vilhena, para aplicar o instrumento IGPF-5 do modelo Big Five e da Propensão ao Risco (RPS). Foi adotado o método de amostragem multiestágios estratificada em subgrupos. Para analisar os dados, foram utilizadas as técnicas estatísticas: Análise Fatorial Confirmatória, Cálculo do Alpha de Cronbach, Test-T para Amostras Independentes e Modelagem de Equações Estruturais com os mínimos quadrados parciais no Software SmartPLS 3. Como resultados, foram confirmadas as hipóteses sobre as diferenças Abertura para Novas Experiências, Amabilidade, Extroversão, Concienciosidade e Propensão ao Risco. apenas Neuroticismo não apontou diferença estatística significativa. Verificou-se que apenas Concienciosidade e Extroversão são preditores da Propensão ao Risco. Em conclusão, empreendedores são mais abertos a novas experiências, extrovertidos, possuem maior foco em seus objetivos e maior propensão em assumir riscos do que gerentes. Gerentes, por sua vez, são mais amáveis do que empreendedores. Houve evidências de adequação do modelo proposto onde os traços de personalidade são preditores da propensão ao risco.

A banca examinadora será composta pelos professores Dr. OSMAR SIENA (Orientador),  Dr.  TOMAS DANIEL MENENDEZ RODRIGUEZ (Examinador interno) e Dra. ROSE MARY ALMEIDA LOPES (Examinador externo). A defesa ocorrerá no dia 23 de agosto de 2019, às 16:00h, no Auditório Prof. Claudimir Catiari, localizado no prédio do NUCSA, campus UNIR Porto Velho.